quarta-feira, 7 de outubro de 2009

04/10/2009

[...]

- Você é louca!
- Sou nada... por quê diz isso?

- Você parece não ter medo de nada!

- Boba! Tenho sim, tenho medo de muitas coisas: da solidão, do desprezo, de me frustrar como pessoa e como profissional.. Mas isso não deve nos impedir de voar cada vez mais alto... [abrindo os braços]

[risos]

- Entendi... E quando crescer eu quero ser igual a você!
- Louca também?

[mais risos]

- Se isso é ser louca, que eu seja mais uma então...


Um comentário:

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Oi moça, quem é vivo sempre aparece não é mesmo? ...rs
Muitas vezes o medo nos impede de sermos felizes, agora a pouco mesmo estava discultindo com uma menina de 15 anos q tem medo de amar, pois acredito que o amor só traz o sofrimento. E por causa de medos como esses que nos impedem de alcançarmos a plenitude.